O que dá orgulho ao exercer a profissão policial? - Concurso Policial - o passo-a-passo para se tornar policial

Carreira Policial

O que dá orgulho ao exercer a profissão policial?

Capitão Danillo
Escrito por Capitão Danillo
O que dá orgulho ao exercer a profissão policial?
Dicas e técnicas para chegar à aprovação mais rápido

Aprenda a se preparar para o seu Concurso Policial:

Há várias características na atividade policial que traz o sentimento de orgulho àqueles que a exercem: a garantia da paz aos demais cidadãos, a possibilidade de evitar e minimizar injustiças, a capacidade de proteger direitos e fazer cumprir os deveres.

Exercer um ofício com todas essas potencialidades gera, sim, o sentimento de elevação, de nobreza, o que é diferente de esnobismo ou arrogância.

Passar horas em uma madrugada em busca de uma arma de fogo que, se não fosse apreendida, acabaria com uma vida inocente. Capturar um suspeito que tenha cometido um abuso contra uma criança. Impedir que uma pessoa embriagada cometa um acidente no trânsito. Dar o encaminhamento legal a quem atenta contra a vida de alguém.

Dar uma informação a um desavisado. Fazer com que uma criança encontre seus pais. Levar um cão perdido a um canil. Aconselhar um casal que está na iminência da agressão física. Garantir a segurança de um senhor que troca o pneu de seu veículo em um local escuro e deserto.

“Mesmo quando estamos cansados, desmotivados ou indispostos, surge energia para atuar ajudando o cidadão”

Não são poucos os atos que os policiais exercem para que sintam esse prazeroso orgulho da profissão. Apesar das dificuldades que às vezes fazem com que a motivação esmoreça, o orgulho está sempre lá.

É por causa desse sentimento de orgulho que, mesmo quando estamos cansados, desmotivados ou indispostos, surge energia para atuar ajudando o cidadão que esteja em apuros precisando da polícia.

Gosto da seguinte expressão do escritor João Ubaldo Ribeiro: “se não há esperança de nada, então a vida é um contra-senso. As pessoas não podem viver sem esperança”.

Por pior que sejam os obstáculos, sempre há esperança, que no caso dos policiais está na vontade de afirmar o máximo possível esse orgulho. Orgulho que é sempre bom lembrar que carregamos conosco, e que você vai carregar quando vestir a farda ou ganhar seu distintivo.

Quer mais conteúdo?

Deixe um comentário com dúvidas, pedidos ou sugestões: