Entrevista: o cotidiano e dicas de uma Tenente PMESP - Concurso Policial - o passo-a-passo para se tornar policial

Entrevistas

Entrevista: o cotidiano e dicas de uma Tenente PMESP

Capitão Danillo
Escrito por Capitão Danillo
Entrevista: o cotidiano e dicas de uma Tenente PMESP
Dicas e técnicas para chegar à aprovação mais rápido

Aprenda a se preparar para o seu Concurso Policial:

Se você pretende ingressar na carreira de oficial da Polícia Militar do Estado de São Paulo, precisa ler atentamente a entrevista que fizemos com a 2º Tenente PMESP Jacqueline Silva, um verdadeiro exemplo de dedicação aos estudos.

Ela passou por várias graduações até chegar ao posto de Tenente PMESP. Foi Soldado Temporário, Soldado efetivo, Cabo PM, Sargento PM e, finalmente, Tenente.

Hoje se sente realizada na profissão, mas alerta: se tornar policial militar não é uma decisão simples. Leia e deixe seu comentário no final:

Concurso Policial: Como você ingressou na Polícia Militar do Estado de São Paulo? 

Tenente PMESP Jacqueline: Eu ingressei no serviço auxiliar voluntário em 2004, como Soldado Temporário (só fazia serviços administrativos em um contrato de 1 ano, prorrogado por igual período). Foi o tempo suficiente até abrir o concurso para o cargo efetivo em outubro de 2005. Em 2010 eu prestei concurso interno para Cabo, em 2012 para Sargento e em 2016, após 7 tentativas, entrei na Academia de Polícia Militar do Barro Branco, como Aluno-Oficial, terminei o CFO em 2018, fui promovida a 2º Tenente em 2019.

Concurso Policial: Como se preparou para passar no concurso?

Tenente PMESP Jacqueline: Nos primeiros dois anos eu fiz cursinho, mas eu só passei quando eu decidi focar de verdade. Comecei a estudar por conta e paguei aulas particulares de português (redação) porque conta bastante pontos.

Concurso Policial: O que mudou na sua vida ao se tornar policial militar?

Tenente PMESP Jacqueline: Tudo!!! Eu sempre sonhei com isso. Sinto-me realizada todos os dias da minha vida!

Concurso Policial: Valeu a pena?

Tenente PMESP Jacqueline: Cada segundo de estudos foi recompensado.

“Como comandante, a gente deixa de se preocupar apenas com as nossas ações e passa a ser responsável pelos subordinados”

Concurso Policial: Como foi a relação entre expectativa e realidade após a aprovação?

Tenente PMESP Jacqueline: Alcancei e superei as expectativas.

Concurso Policial: Como é a rotina de trabalho hoje?

Tenente PMESP Jacqueline: Eu trabalho no regime 12 por 36, sendo 12 horas de serviço e 36 horas de folga.

Concurso Policial: Quais são os maiores desafios da carreira?

Tenente PMESP Jacqueline: Como comandante, a gente deixa de se preocupar apenas com as nossas ações e passa a ser responsável pelos subordinados, é um grande desafio mantê-los motivados e preparados.

Concurso Policial: Quais foram as vantagens que você encontrou na profissão?

Tenente PMESP Jacqueline: Realização pessoal e certa estabilidade.

Concurso Policial: Qual conselho você daria a quem sonha ingressar na carreira de oficial da PMESP?

Tenente PMESP Jacqueline: Essa é uma decisão muito importante e que muda a sua vida. A partir do momento que esse sonho é definido, você reúne forças para alcançá-lo. Eu fiz um curso de programação neurolinguística também, ajudou muito. Mas, o mais importante é você decidir de coração que é isso que você quer. Só posso garantir que a recompensa é muito mais que financeira ou externa, ela vem de dentro, é como preencher-se de ânimo a cada ocorrência resolvida, a cada vítima salva, a cada criminoso detido. Simplesmente amo!

Quer mais conteúdo?

Deixe um comentário com dúvidas, pedidos ou sugestões: