Como estudar para concurso em casa, sem gastar muito

Estudando em casa com pouca grana

Muitos candidatos a concurso policial nos procuram com a seguinte aflição: “meu sonho é ser policial, mas não tenho muita grana, estou vivendo de bico – dá pra conseguir a aprovação sem gastar com cursinho e material caro”?

Sem ilusões, precisamos dizer que acreditamos na seguinte fórmula:

Concurso público: esforço ou técnica

Como se vê, a maior parte do que você precisa para alcançar a aprovação não tem “enrolação”: é estudar, ler, aprender, assimilar o conteúdo. Se você está lendo este texto, acreditamos que já admitiu que terá que fazer MUITO ESFORÇO para passar no concurso dos seus sonhos, afinal, estamos falando da possibilidade radical de mudança de vida, não é verdade? Mas não podemos ignorar esses 25%, principalmente num contexto de alta concorrência por cada vaga nos concursos policiais atualmente. Por menos de 5% de diferença entre acertos e erros, os candidatos são aprovados.

E aí, dá pra obter material de qualidade, curso, boas técnicas de estudo, professores e estratégias de memorização e apreensão de conteúdo sem gastar muito? Nós, do Concurso Policial, acreditamos que sim. Vamos lhe sugerir três passos básicos para construir esta possibilidade. Confira:

1. Quanto você pode gastar?

Concurseiro tem que ser organizado, disciplinado, metódico – inclusive nas finanças. É preciso que você saiba quanto pode gastar por mês com o concurso que almeja. Para se ter uma ideia, há cursos no mercado que podem chegar a mais de R$2.000,00, e apostilas que custam R$15,00, para o candidato que apenas quer estudar em casa. Algum desses valores é alto? Algum desses valores é baixo? Não, já que estamos falando de investimento em uma “nova vida”. Mas considerando que o poder aquisitivo de cada candidato é distinto, precisamos estabelecer um limite possível de investimento.

É dentro deste limite que você vai procurar o material adequado para se preparar. Se a sua resposta para nossa pergunta é “muito pouco”, passe para os dois próximos passos.

2. Compre o material básico. Complemente com material gratuito

Não tem jeito. Pelo menos uma apostila, com todo o conteúdo do seu concurso, você vai ter que comprar. Mesmo que a apostila não seja completíssima, com comentários, interpretações e aprofundamento, ela lhe dará uma boa noção do que você precisa estudar. Duas opções de sites que vendem apostila com baixíssimo custo: a Editora Solução e a Editora Opção, ambas parceiras do Concurso Policial.

Este será seu “feijão com arroz”. Depois disso, baseado no conteúdo programático do seu concurso, comece a procurar material de estudo gratuito na internet. Tire dois dias da sua rotina para fazer EXCLUSIVAMENTE isto. No Youtube você encontrará muita coisa legal gratuitamente. O Google pode lhe ajudar muito, abuse dele. Confira a nossa seção “Dicas de Estudo” com muitas sugestões interessantes (estamos preparando mais!). Se precisar de uma ajudinha, nos escreva: contato@concursopolicial.com.br

😉

3. Estude técnicas de estudo

Não faça pouco das técnicas de estudo. Você está se preparando para uma prova que pretende medir objetivamente seus conhecimentos. É perda de tempo (por mais frustrante que isto seja) ser romântico e se dedicar a apreensão reflexiva e subjetiva dos conteúdos. Técnicas de memorização, medidas condicionantes para melhorar sua concentração, atenção nos estudos e métodos de organização são muito importantes para melhorar seu desempenho.

Esta é uma forma de compensar o ambiente “laboratorial” que os candidatos com alto poder aquisitivo possuem dentro de um cursinho, por exemplo. Procure na internet estas técnicas, adapte às suas realidades e necessidades, e siga em frente. Também publicaremos mais material sobre isso em breve por aqui.

******************************

Continue acompanhando o Concurso Policial. Vamos continuar nos esforçando para proporcionar cada vez mais as condições de aprovação para os nossos leitores. Cadastre-se na nossa Tropa de Elite e obtenha dicas exclusivas via email!

😉