Edital Concurso Perito PCBA 2014 – 130 vagas

Os concurseiros policiais baianos estão em polvorosa. A Polícia Civil da Bahia acaba de lançar 130 vagas para perito, com salários que chegam a R$4.895 reais. Vejam as vagas disponíveis:

Apostila Concurso Polícia Civil 2014

Pegue agora sua apostila completa e atualizada e se destaque da concorrência! [PROMOÇÃO]

Vagas de perito Polícia Civil da Bahia

Veja os requisitos para investidura no cargo:

a) ser aprovado no Concurso Público na forma estabelecida neste Edital;

b) ser aprovado no Curso de Formação de Policiais Civis da Academia da Polícia Civil da Bahia – ACADEPOL;

c) ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal;

d) ter idade mínima de 18 (dezoito) anos;

e) estar em pleno gozo e exercício dos direitos políticos;

f) estar em dia com as obrigações eleitorais;

g) estar em dia com os deveres do Serviço Militar para os candidatos do sexo masculino;

h) ter aptidão física e mental comprovada mediante exame biomédico, testes físicos e exames psicotécnicos na forma prevista neste Edital;

i) possuir idoneidade moral, comprovada pela inexistência de antecedentes criminais, atestados por certidões negativas expedidas por órgãos policiais e judiciais, estaduais e federais;

j) que não tenha perdido cargo eletivo o governador e o vice-governador do Estado e o prefeito e o viceprefeito, por infringência ao dispositivo da Constituição Estadual ou da Lei Orgânica do Município, nos últimos 08 (oito) anos;

k) que não tenha contra si representação julgada procedente pela justiça eleitoral em decisão transitada em julgado, em processo de apuração de abuso de poder econômico ou político nos últimos 08 (oito) anos;

l) que não tenha contra si decisão condenatória transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, desde a condenação até o transcurso do prazo de 08 (oito) anos após o cumprimento da pena pelos crimes:

– contra a economia popular, a fé pública, a administração pública e o patrimônio público;

– contra o patrimônio privado, o sistema financeiro, o mercado de capitais e os previstos na lei que regula a falência;

– contra o meio ambiente e a saúde pública;

– eleitorais, para os quais a lei comine pena privativa de liberdade;

– de abuso de autoridade, nos casos em que houver condenação a perda do cargo ou a inabilitação para o exercício da função pública;

– de lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores;

– de tráfico de entorpecentes e drogas afins, racismo, tortura, terrorismo e hediondos;

– de redução à condição análoga a de escravo;

– contra a vida e a dignidade sexual; e

– praticados por organização criminosa, quadrilha ou bando.

m) que não tenha contra si decretação da suspensão dos direitos políticos, em decisão transitada em julgado ou por órgão judicial colegiado, por ato doloso e de improbidade administrativa que importe lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito, desde a condenação ou o trânsito em julgado até o transcurso do prazo de 08 (oito) anos após o cumprimento da pena;

n) que não tenha sido excluído do exercício da profissão, por decisão sancionatória do órgão profissional competente, em decorrência de infração ético-profissional, pelo prazo de 08 (oito) anos, salvo se houver sido anulado ou suspenso pelo Poder Judiciário;

o) que não tenha sido demitido do serviço público em decorrência de processo administrativo ou judicial, pelo prazo de 08 (oito) anos, contados da decisão, salvo se o ato houver sido suspenso ou anulado pelo Poder Judiciário;

p) no caso de Magistrado e de membro do Ministério Público, que não tenha sido aposentado compulsoriamente por decisão sancionatória, que não tenha perdido o cargo por sentença ou que não tenha pedido exoneração ou aposentadoria voluntária na pendência de processo administrativo disciplinar, pelo prazo de 08 (oito) anos;

q) apresentar os documentos comprobatórios da escolaridade e pré-requisitos constantes no Capítulo 2 e os documentos constantes no item 22.1, Capítulo 22 do Edital.

Todos os cargos são de nível superior em qualquer área, exceto as vagas de perito médico e odonto legal, que exigem as formações específicas. As etapas do concurso são as seguintes:

1ª Etapa: Provas Objetivas, de caráter eliminatório e classificatório;
2ª Etapa: Prova Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;
3ª Etapa: Teste de Aptidão Física, de caráter eliminatório;
4ª Etapa: Exame Biomédico, de caráter eliminatório;
5ª Etapa: Exame Psicotécnico, de caráter eliminatório;
6ª Etapa: Prova de Títulos, de caráter classificatório;
7ª Etapa: Investigação Social, de caráter eliminatório.

As inscrições abrirão dia 07 de maio e se encerrarão em 05 de junho, no site da Fundação Carlos Chagas, organizadora do certame – www.concursosfcc.com.br. Continue acompanhando o Concurso Policial e adquira dicas, material de estudo e informações poderosas sobre este concurso! Clique e cadastre-se na Tropa de Elite do Concurso Policial para material exclusivo!