Concurso Soldado PMERJ 2013 – o que está ocorrendo?

CFSd PMERJ 2013

Que demora para sair esse edital de soldado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, hein? Pois é. Mas o Concurso Policial tem uma dica: não caia na conversa da concorrência, não desista de estudar! O edital do concurso já saiu, e mais cedo ou mais tarde o cronograma será divulgado. Quem tem paciência, dedicação, planejamento e foco terá boas chances de ser aprovado. O que adianta fazer o concurso logo e perder a oportunidade de garantir uma das 6 mil vagas?

Adquira agora sua apostila preparatória em preço promocional!

O jornal Folha Dirigida divulgou o que está ocorrendo neste momento em relação à publicação do cronograma:

O major José Roberto Louzada, gestor de Recursos Humanos da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ), informou à FOLHA DIRIGIDA na última terça-feira, dia 29, que as inscrições no concurso para soldado somente serão abertas após esgotado o banco de aprovados ou encerrado o prazo de validade da seleção anterior. “Não existe previsão para divulgação do cronograma, mas o governador quer colocar 6 mil soldados nas ruas ainda este ano”, afirmou. Ocorre que, pelo Decreto 43.876/12, novo concurso, com vagas definidas, só pode ser aberto após a perda da validade do anterior, de 2010. Portanto, se as convocações não ocorrerem, nova seleção só poderia ser aberta para cadastro de reserva ou mediante acréscimo de vagas. De qualquer forma, o decreto estaria gerando divergência de interpretações na corporação, um dos motivos da indefinição, segundo fontes.

A Exatus, organizadora do concurso, havia informado à FOLHA DIRIGIDA que o cronograma estava pronto, faltando apenas a autorização da corporação para ser divulgado. No entanto, a espera de milhares de interessados na seleção continua sem solução. A PM-RJ planeja preencher 6 mil vagas, 600 delas por mulheres, e incluirá cotas para negros e índios, conforme edital publicado em julho. O salário é de R$2.382,89, porém a remuneração inicial pode ultrapassar R$5 mil, pois são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) e trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$750). Os soldados que se voluntariam para trabalhar na folga, no sistema RAS (Regime Adicional de Serviço), recebem R$150 por oito horas/dia e R$225 por 12 horas/dia. São permitidos até oito RAS por mês. Os selecionados terão direito a benefícios como assistência médico-hospitalar (inclusive para os dependentes), alimentação, fardamento, além de possibilidade de crescimento profissional por meio de promoção. De acordo com o edital, para ser soldado, além do nível médio, é preciso possuir carteira de habilitação, no mínimo na categoria “B”. A comprovação desses requisitos ocorrerá na fase de entrega dos documentos. Também são requisitos a altura mínima de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens, além de idade entre 18 (na matrícula) e 30 anos (até o fim do período de inscrição).

Vamos continuar acompanhando todos os passos do concurso. Sabemos da ansiedade de todos, mas sabemos também que muita gente está torcendo que você desista de estudar. Aproveite o tempo para se aprimorar. Adquira seu material de estudo alcance sua meta: ser aprovado no concurso.

Continue acompanhando o Concurso Policial para obter todas as informações, dicas e material de estudo desse concurso. Cadastre-se em nossa Tropa de Elite e tenha acesso a conteúdo exclusivo!