Concurso Soldado PM-SC 2015

Concurso Soldado PM-SC 2015

Os concurseiros policiais do Sul estão agitados. Já falamos aqui do concurso para a Guarda Municipal de Curitiba, e agora temos mais uma grande novidade: o Concurso de Soldado da Polícia Militar de Santa Catarina 2015.

Para quem tem memória curta, vamos lembrar do que foi falado pelo Governador catarinense ainda em 2014:

Foi confirmada a realização de um novo concurso para a Polícia Militar de Santa Catarina (PM-SC). O anúncio foi feito pelo governado Raimundo Colombo na manhã desta segunda-feira, dia 24, segundo matéria divulgada no site do Governo do Estado. Serão oferecidas 500 vagas para policiais para diversas regiões do estado, segundo Colombo. A previsão é de que o edital saia ainda este ano e as provas sejam aplicadas no início de 2015, porém esses prazos ainda não foram confirmados. Está previsto também que, após os 10 meses de curso de formação, ainda no próximo ano os novos PMs possam estar nas ruas. Fonte: Folha Dirigida

Já agora em 2015, novas notícias chegaram, dessa vez mais precisas:

O concurso para a Policia Militar de Santa Catarina (PM-SC) já tem organizadora definida. Trata-se do Insituto o Barriga Verde (IOBV). Mesmo com a escolha, o setor concursos da coporação confirmou que o contrado não foi assinado ainda. O concurso tem previsão de ofertar 500 vagas para soldado em diversas regiões do estado, conforme anuúncio feito pelo governador Raimundo Colombo, em novembro do ano passado.

O último concurso para soldado da PM-SC foi realizado em 2013. A seleção ocorreu por meio de prova objetiva, avaliação de saúde, teste físico, avaliação psicológica, questionário de investigação social, entrega de documentação e exame toxicológico e, ao final, o curso de formação. Fonte: Folha Dirigida

Já que o concurso está próximo, vamos correr atrás da preparação, a princípio tendo como base o edital do concurso anterior, realizado em 2013. O primeiro passo é saber quais são as exigências.

Exigências Concurso PMSC 2015

  • ter nacionalidade brasileira;
  • estar em dia com os deveres do serviço militar obrigatório;
  • apresentar declaração em que conste se sofreu ou não, no exercício de função pública, penalidades administrativas, conforme legislação aplicável;
  • possuir altura não inferior a 1,65 (um metro e sessenta e cinco centímetros), para candidatos do sexo masculino;
  • possuir peso proporcional à altura, conforme preconizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) por meio do índice de massa corporal;
  • ter a idade mínima de 18 (dezoito) anos completos até a data da inclusão;
  • não ter completado a idade máxima de 30 (trinta) anos até o último dia de inscrição do concurso;
  • não ter sido condenado por crime doloso, com sentença condenatória transitada em julgado;
  • não exercer ou não ter exercido atividades prejudiciais ou perigosas à segurança nacional;
  • ser aprovado e classificado no exame de avaliação de escolaridade, por meio de prova teórica com a obtenção de nota igual ou superior a 5 (cinco);
  • ser considerado apto no exame de saúde (médico e odontológico);
  • ser considerado apto no Questionário de Investigação Social (QIS);
  • ser considerado apto no exame de avaliação física;
  • ser considerado apto no exame de avaliação psicológica;
  • atestar, por exame toxicológico de larga janela de detecção, que não utiliza droga ilícita;
  • estar devidamente habilitado para conduzir veículo automotor;
  • comprovar, mediante apresentação de fotocópia autenticada de certidão de conclusão ou de diploma do curso de graduação superior correspondente, registrado no órgão competente;
  • ter boa conduta comprovada por certidões das Justiças Comum (estadual e federal), Militar (estadual e federal) e Eleitoral;
  • estar em dia com as obrigações eleitorais, mediante apresentação de certidão emitida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE);
  • apresentar, quando o candidato for militar estadual ou federal, ofício de seu Comandante, Chefe ou Diretor, dirigido ao responsável pelo órgão de seleção da instituição militar, declarando ciência e ausência de pendências do candidato perante a instituição militar de origem, mediante conceito favorável; e
  • não possuir tatuagem ou pintura em áreas do corpo expostas ao público quando do uso de uniformes militares de qualquer modalidade, sendo vedadas aquelas que representem símbolos ou inscrições alusivas a ideologias contrárias às instituições democráticas ou que incitem a violência ou qualquer forma de preconceito ou discriminação.

As fases do Concurso

  • Primeira Fase: Inscrição;
  • Segunda Fase: Prova Teórica;
  • Terceira Fase: Exame de Avaliação de Saúde;
  • Quarta Fase: Exame de Avaliação Física;
  • Quinta Fase: Exame de Avaliação Psicológica;
  • Sexta Fase: Questionário Investigação Social (QIS);
  • Sétima Fase: Entrega de documentação e Exame Toxicológico;
  • Oitava Fase: Classificação Final por vaga;
  • Nona Fase: Inclusão e Matrícula.

Atribuições do Soldado PM-SC

Caso você passe no concurso de soldado da PM-SC desenvolverá as seguintes atividades:

a) Como Aluno-Soldado PM: Exercer atividades acadêmicas, em regime de dedicação integral, e demais atividades internas e externas atreladas à sua formação policial, durante o período de duração do curso de formação, conforme legislação subsidiária, regulamento da PMSC e da instituição de ensino onde encontrar-se matriculado.

b) Como Soldado PM: Exercer atribuições inerentes a soldado PM, com atribuições e deveres previstos em leis, regulamentos e demais instruções pertinentes.

Trabalhar em contato cotidiano com o público, de forma individual ou em grupo, sob supervisão, em ambiente de trabalho que pode ser fechado, a céu aberto ou veículo automotor, em horários diversos (diurno e noturno ou em rodízio de turnos). Atuar em condições de pressão e de risco de vida em sua rotina de trabalho.

Veja abaixo momentos da formatura de soldado da Polícia Militar de Santa Catarina:

Salário e vantagens do Soldado PM-SC

A Carreira de Praça do Quadro de Praças da Polícia Militar de Santa Catarina inicia com a graduação de Soldado PM 3ª classe podendo alcançar a graduação de Subtenente, através de promoções.

Os vencimentos iniciam a partir do primeiro mês do Curso de Formação de Soldados, no cargo de Soldado PM 3ª Classe, a título de indenização de ensino, fazendo jus a remuneração inicial de R$ 2.402,49 (dois mil quatrocentos e dois reais e quarenta e nove centavos).

Após a conclusão do curso, o Al Sd aprovado no CFSd, será promovido a graduação de Soldado PM 3ª classe, qualificado por mérito intelectual, passando a receber remuneração mensal de R$ 2.910,31 (dois mil novecentos e dez reais e trinta e um centavos), com o estímulo operacional e adicional noturno. A remuneração poderá ser acrescida ainda de Adicional de Pós-Graduação (13%, 16% ou 19% – não cumulativo) e de Adicional de Tempo de Serviço (valor que varia individualmente se possuir averbação de tempo de serviço público).

Grupo de Estudo Concursos Policiais

Os assuntos que caem no Concurso da PM-SC

a) 08 (oito) questões sobre noções de Direito Constitucional;

b) 08 (oito) questões sobre noções de Direito Penal Comum;

c) 08 (oito) questões sobre noções de Direito Processual Penal Comum;

d) 08 (oito) questões sobre noções de Legislação Institucional;

e) 08 (oito) questões sobre noções de Informática e

f) 10 (dez) questões sobre Língua Portuguesa.

Mesmo antes do edital ser publicado é possível iniciar uma preparação sólida. Para isso indicamos a apostila completa (com todos esses conteúdos) que você pode baixar agora!

Para saber tudo sobre o concurso baixe o edital anterior (2013)!