Concurso PRF 2013 – 1.000 vagas

Concurso PRF 2013 - mil vagas

Enfim, após algum tempo de espera, a Polícia Rodoviária Federal abriu o concurso com 1.000 vagas de policial rodoviário federal – 50 são para portadores de deficiência. Não só isso, além das vagas para convocação imediata, o edital prevê a formação de cadastro de reserva: uma oportunidade relevante para aqueles que gostariam de atuar nas rodovias federais brasileiras ganhando um salário inicial de R$ 6.106,81.

Quais as atribuições de um PRF?

Antes de pensar no concurso e nas inscrições, devemos saber quais são as atividades desenvolvidas por um Policial Rodoviário Federal. Segundo prevê o edital do concurso, um PRF deve “realizar atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal”. A carga horária é de 40 horas semanais, e o salário, como dissemos, é de R$ 6.106,81.

Requisitos para ser um Policial Rodoviário Federal

Para tomar posse no cargo de Policial Rodoviário Federal, o candidato deve preencher os seguintes requisitos:

  • Ser aprovado no concurso público;
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal;
  • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir Carteira Nacional de Habilitação ou permissão para conduzir veículos automotores de, no mínimo, categoria “B”;
  • Ser recomendado na fase de investigação social;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da posse;
  • Cumprir as determinações do edital.

E aí, você se encaixa nestas exigências?

As etapas do concurso da PRF

A maratona da aprovação antes do ingresso no Curso de Formação Profissional é constituída das seguintes etapas, que serão realizadas nas 26 capitais dos estados:

  1. Provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do CESPE/UnB;
  2. Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do CESPE/UnB;
  3. Exame de capacidade física, de caráter eliminatório, de responsabilidade do CESPE/UnB;
  4. Avaliação de saúde, de caráter eliminatório, de responsabilidade do CESPE/UnB;
  5. Avaliação psicológica, de caráter eliminatório, de responsabilidade do CESPE/UnB;
  6. Investigação social e(ou) funcional, de caráter eliminatório, de responsabilidade da DPRF;
  7. Avaliação de títulos, de caráter classificatório, de responsabilidade do CESPE/UnB.

Vamos acompanhar aqui no blog cada uma dessas etapas dando dicas gratuitas para os candidatos! 🙂

As inscrições para o concurso da PRF

As inscrições, que custam R$150,00, estarão abertas a partir do dia 24 junho, até o dia 9 de julho no site da prestadora do concurso, a Cespe/UNB (www.cespe.unb.br). O pagamento ocorrerá via Guia de Recolhimento da União (GRU) e deve ser feito até o dia 19 de julho.

Continue acompanhando o Concurso Policial e obtenha dicas, materiais de estudo e informações quentíssimas sobre este concurso.

😉