Concurso Polícia Civil da Bahia 2013 – o cargo de Investigador

Concurso Polícia Civil da Bahia 2013 - Investigador

URGENTE: veja tudo sobre o novo Concurso PC-BA!

Os concurseros policiais que prestarão o concurso para a Polícia Civil da Bahia 2013 estão a todo vapor na dedicação aos estudos, visando garantir uma das 600 vagas disponíveis – 400 para investigador, 100 para delegado e 100 para escrivão. Para auxiliar os candidatos, neste post vamos tratar de alguns pontos relevantes para quem escolheu o cargo de investigador.

O que faz um investigador?

Primeiramente, cabe perguntar: você sabe o que um investigador da PCBA tem como atribuição? Abaixo, algumas funções que exercerá caso seja aprovado:

– Proceder à investigação criminal e ao exercício de Polícia Judiciária, exceto quando relacionadas à matéria sob jurisdição militar;

– Participar do planejamento, coordenação, supervisão e fiscalização das atividades operacionais e administrativas do setor sob sua direção;

– Participar de levantamento de local de crime e interagir na execução de atividade investigativa;

– Zelar pela incolumidade de preso;

– Cumprir diligências, mandados e outras determinações de autoridades policiais e/ou judiciárias competentes, sendo responsável pela produção de dados, informações e conhecimentos;

– Participar de estudos, projetos e pesquisas de natureza técnica ou especializada sobre ciências criminais, inteligência policial e estatísticas de crimes;

– Efetuar prisões e busca pessoal, para fins de apuração de infração penal;

– Participar de programas e operações de prevenção, repressão, controle da criminalidade, reconstituição e de ações de inteligência policial;

– Executar tarefas de fiscalização de estabelecimentos de hospedagem, diversões públicas, teatros, cinemas, esportes e produtos controlados pela Polícia Civil, sendo lhe assegurado o livre acesso aos locais fiscalizados;

– Adotar providências sobre qualquer ocorrência policial de que tiver conhecimento, dando ciência imediata à autoridade competente;

– Elaborar os relatórios de investigação criminal, conforme expedição de ordem de serviço;

– Executar as ações necessárias para segurança das investigações;

– Executar em trabalho de equipe operações de resgate de reféns;

– Exercer assessoramento especializado e superior no âmbito da estrutura da Polícia Civil do Estado da Bahia;

– Participar de estudos e pesquisas de natureza técnico-científica ou especializada sobre administração policial;

– Alimentar e pesquisar, nos arquivos físicos e eletrônicos, dados sobre a identificação de pessoas;

– Dirigir viatura em missão de natureza policial;

– Coordenar e supervisionar a investigação criminal e a atividade de polícia judiciária, exceto quando relacionada a matéria sob jurisdição militar, e desde que no exercício da função de coordenação do setor de investigação.

Muita coisa, não? Tudo isso deve ser realizado em uma carga horária de 40 horas semanais, modelo de jornada de trabalho que a Polícia Civil tem adotado nos últimos anos na Bahia.

O que estudar

Para não perder tempo estudando o que não cai na prova, nem deixar de estudar um assunto que será cobrado, segue o conteúdo programático, indicado para o cargo de investigador:

LÍNGUA PORTUGUESA:

1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 3.1 Emprego das letras. 3.2 Emprego da acentuação gráfica. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego/correlação de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.2 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Emprego dos sinais de pontuação. 5.4 Concordância verbal e nominal. 5.5 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.6 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescritura de frases e parágrafos do texto. 6.1 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.2 Retextualização de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.2 Adequação do formato do texto ao gênero.

INFORMÁTICA:

1 Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows). 2 Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e BrOffice). 3 Redes de computadores. 3.1 Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. 3.2 Programas de navegação (Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome). 3.3 Programas de correio eletrônico (Outlook Express, Mozilla Thunderbird). 3.4 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 3.5 Grupos de discussão. 3.6 Redes sociais. 3.7 Computação na nuvem (cloudcomputing). 4 Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 5 Segurança da informação. 5.1 Procedimentos de segurança. 5.2 Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 5.3 Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, anti-spyware etc.). 5.4 Procedimentos de backup. 5.5 Armazenamento de dados na nuvem (cloudstorage).

PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL E DE GÊNERO:

1 Constituição da República Federativa do Brasil (art. 1º, 3º, 4º e 5º). 2 Constituição do Estado da Bahia (Cap. XXIII “Do Negro”). 3 Lei Federal nº 12.288/2010 (Estatuto da Igualdade Racial). 4 Lei Federal nº 7.716/1989, alterada pela Lei Federal nº 9.459/1997 (Tipificação dos crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor). 5 Decreto Federal nº 65.810/1969 (Convenção internacional sobre a eliminação de todas as formas de discriminação racial). 6 Decreto Federal nº 4.377/2002 (Convenção sobre eliminação de todas as formas de discriminação contra a mulher). 7 Lei Federal nº 11.340/2006 (Lei Maria da Penha). 8 Código Penal Brasileiro (art. 140). 9 Lei Federal nº 7.437/1985. 10 Lei Estadual nº 10.549/2006 (Cria a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial); alterada pela Lei Estadual nº 12.212/2011. 11 Lei Federal nº 10.678/2003 (Cria a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República).

MEDICINA LEGAL:

1 Perícia médico-legal: perícias médico-legais, perícia, peritos. 2 Documentos legais: conteúdo e importância. 3 Traumatologia forense. 3.1 Energia de ordem física. 3.2 Energia de ordem mecânica. 3.3 Lesões corporais: leve, grave e gravíssima e seguida de morte. 4 Tanatologia forense: causas jurídica da morte, diagnóstico de realidade da morte. 5 Sexologia forense. 6 Imputabilidade penal.

NOÇÕES DE DIREITO PENAL:

1 Aplicação da lei penal. 1.1 Princípios da legalidade e da anterioridade. 1.2 A lei penal no tempo e no espaço. 1.3 Tempo e lugar do crime. 1.4 Lei penal excepcional, especial e temporária. 1.5 Territorialidade e extraterritorialidade da lei penal. 1.6 Pena cumprida no estrangeiro. 1.7 Eficácia da sentença estrangeira. 1.8 Contagem de prazo. 1.9 Frações não computáveis da pena. 1.10 Interpretação da lei penal. 1.11 Analogia. 1.12 Irretroatividade da lei penal. 1.13 Conflito aparente de normas penais. 2 O fato típico e seus elementos. 2.1 Crime consumado e tentado. 2.2 Pena da tentativa. 2.3 Concurso de crimes. 2.4 Ilicitude e causas de exclusão. 2.5 Excesso punível. 2.6 Culpabilidade. 2.6.1 Elementos e causas de exclusão. 3 Imputabilidade penal. 4 Concurso de pessoas. 5 Crimes contra a pessoa. 6 Crimes contra o patrimônio. 7 Crimes contra a fé pública. 8 Crimes contra a administração pública. 9 Delitos hediondos (Lei Federal nº 8.072/1990). 10 Disposições constitucionais aplicáveis ao direito penal.

NOÇÕES DE DIREITO PROCESSUAL PENAL:

1 Aplicação da lei processual no tempo, no espaço e em relação às pessoas. 1.1 Disposições preliminares do Código de Processo Penal. 2 Inquérito policial. 3 Ação penal. 4 Competência. 5 Prova. 5.1 Interceptação telefônica (Lei Federal nº 9.296/1996). 6 Juiz, ministério público, acusado, defensor, assistentes e auxiliares da justiça, atos de terceiros. 7 Prisão e liberdade provisória. 7.1 Prisão temporária (Lei Federal nº 7.960/1989). 8 Processo e julgamento dos crimes de responsabilidade dos funcionários públicos. 9 Habeas corpus e seu processo. 10 Disposições constitucionais aplicáveis ao direito processual penal.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL:

1 Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. 1.1 Princípios fundamentais. 2 Aplicabilidade das normas constitucionais. 2.1 Normas de eficácia plena, contida e limitada. 2.2 Normas programáticas. 3 Direitos e garantias fundamentais. 3.1 Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, direitos de nacionalidade, direitos políticos, partidos políticos. 4 Organização político-administrativa do Estado. 4.1 Estado federal brasileiro, União, estados, Distrito Federal, municípios e territórios. 5 Administração pública. 5.1 Disposições gerais, servidores públicos. 6 Poder executivo. 6.1 Atribuições e responsabilidades do presidente da República. 7 Poder legislativo. 7.1 Estrutura. 7.2 Funcionamento e atribuições. 7.3 Processo legislativo. 7.4 Fiscalização contábil, financeira e orçamentária. 7.5 Comissões parlamentares de inquérito. 8 Poder judiciário. 8.1 Disposições gerais. 8.2 Órgãos do poder judiciário. 8.2.1 Organização e competências, Conselho Nacional de Justiça. 8.2.1.1 Composição e competências. 9 Funções essenciais à justiça. 9.1 Ministério público, advocacia pública. 9.2 Defensoria pública.

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO:

1 Estado, governo e administração pública: conceitos, elementos, poderes, natureza, fins e princípios. 2 Direito administrativo: conceito, fontes e princípios. 3 Ato administrativo. 3.1 Conceito, requisitos, atributos, classificação e espécies. 3.2 Invalidação, anulação e revogação. 3.3 Prescrição. 4 Agentes administrativos. 4.1 Investidura e exercício da função pública. 4.2 Direitos e deveres dos funcionários públicos; regimes jurídicos. 4.3 Processo administrativo: conceito, princípios, fases e modalidades. 4.4 Lei Federal nº 8.112/1990 e suas alterações. 5 Poderes da administração: vinculado, discricionário, hierárquico, disciplinar e regulamentar. 6 Princípios básicos da administração. 6.1 Responsabilidade civil da administração: evolução doutrinária e reparação do dano. 6.2 Enriquecimento ilícito e uso e abuso de poder. 6.3 Improbidade administrativa: sanções penais e civis — Lei Federal nº 8.429/1992 e suas alterações. 7 Serviços públicos: conceito, classificação, regulamentação, formas e competência de prestação. 8 Organização administrativa: administração direta e indireta, centralizada e descentralizada; autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista. 9 Controle e responsabilização da administração: controle administrativo; controle judicial; controle legislativo; responsabilidade civil do Estado.

***

É bom lembrar que para ser investigador da PC-BA você precisa ter nível superior e Carteira Nacional de Habilitação tipo “B”, no mínimo. Continue acompanhando o único blog exclusivamente voltado para concursos policiais do Brasil e saiba mais detalhes sobre este concurso!

  • dill

    o conteudo é muito extenso!

  • bruno

    após ser aprovado em todas as etapas. o nomeado irá para qualquer lugar da bahia ou tem região como a policia militar?

  • cleidiane santos

    claro que nao tem leguar especifico, vc pode ficar lotado em qualquer area da região incluinbdo toda a bahia, pode ser a propria capital, interior dos piores lugares aos mais ou menos em fim, vc so tera um lugar certo pra ir, se tiver algum tipo de conhecimento em algum orgão digo delegacia de policia ou ate mesmo alguem influente que possa pedir por vc ok?

  • Loe

    Esse é o problema! Passei 4 anos de muita luta para concluir meu curso e me vejo fazendo um concurso digno de Polícia Federa para ganhar 2 contos e correr o risco de ir trabalhar nos confins; em uma delegacia sem nenhuma condição de trabalho, de segurança, de dignidade, sem efetivo e muitas vezes só, fazendo papel de escrivão e delegado. Digo isso por que conheço a realidade de várias delegacias do interior, sobre tudo as que ficam mais para o norte do estado. Mais vou fazer, quando nada serve de treino para meu principal objetivo que é trabalhar para união.

  • Humberto dos Santos Filho

    Como verifico sobre e como faço a entrega do questionario de avaliação pessoal?

  • Joedson neri bastos

    Gostaria de saber em que local irei fazer minha prova do concurso da policia civil da Bahia, minha inscrição é para Salvador.
    tá difícil de descobrir.

    grato, Joedson

  • Cleiton Rafael dá silva

    Quero muito ser dá política do gate mas tenho só até a oitava série Encino fundamental incompleto mas meu sonho é ser muito dá política do gate e bota esse traficantes no seu devido lugar e a Judá a minha população melhora contra esses animais

  • My husband and i felt quite comfortable that John managed to finish off his analysis through the precious recommendations he had from your site. It is now and again perplexing to simply happen to be giving freely concepts which often some people might have been trying to sell. And now we do know we have the website owner to give thanks to for this. The entire explanations you’ve made, the straightforward site menu, the relationships your site make it possible to engender – it’s got most spectacular, and it’s really leading our son in addition to us believe that that subject is pleasurable, which is truly essential. Thanks for everything!