Concurso Papiloscopista PCERJ – o que faz o papiloscopista?

Depois que divulgamos aqui o concurso de Papiloscopista da Polícia do Rio de Janeiro, com 100 vagas e salário de R$4.830 reais, muitos candidatos mandaram email perguntando qual seriam, na prática, as funções do papiloscopista. Segue uma breve descrição:

Apostila Papiloscopista PCERJ 2014
Clique e pegue a apostila com TODAS AS MATÉRIAS que caem no Concurso.

“É o nome dado ao profissional da Papiloscopia. Especialista em identificação, desde a coleta até o arquivamento, envolvendo planejamento, coordenação, supervisão, controle e execução de trabalhos periciais papiloscópicos relativos ao levantamento, coleta, análise, codificação, decodificação e pesquisa de padrões e vestígios papilares. Pericia de Prosopografia (descrição de uma pessoa – envelhecimento, rejuvenescimento e reconstituição facial),bem como a realização de estudos e pesquisas técnico científicas, visando a identificação humana”.

Para a Polícia Civil do Rio de Janeiro, de acordo com a Lei 3.586, de 21 de junho de 2001, o papiloscopista exerce as seguintes funções:

– exercer atividades de nível médio, envolvendo supervisão, orientação, revisão e execução especializada de trabalhos papiloscópicos, relativos à tomada de impressões papilares, coleta, análise, classificação, pesquisas e arquivamento de informações e, ainda, estudos e pesquisas, objetivando o aprimoramento do sistema, em qualquer órgão da polícia civil, compatível com suas atribuições;

– dirigir viaturas policiais, quando a situação o exigir, em qualquer órgão da Polícia Civil, compatível com suas atribuições;

– exercer outras atividades que forem definidas por lei ou outro ato normativo.

E aí, o que achou das suas futuras atribuições? Não perca tempo… Muitos concorrentes estão se aprofundando nos estudos. Cadastre-se em nossa Tropa de Elite e garanta acesso a conteúdo exclusivo!