Concurso CFO PMESP (Barro Branco) 2016 – O Guia Completo!

Concurso CFO PMESP - Barro Branco

Saudações, futuro oficial da Polícia Militar do Estado de São Paulo! Como vão os estudos?

Finalmente saiu nosso edital (com 131 vagas), momento que esperávamos há algum tempo. É a sua chance de tornar-se oficial da maior polícia militar do Brasil, a PMESP. Neste artigo você poderá ver os seguintes conteúdos:

  • Requisitos para o Concurso CFO PMESP
  • O que é a Academia do Barro Branco
  • Como é a carreira do oficial da PMESP
  • Etapas do Concurso CFO PMESP
  • O que você precisa estudar no Concurso CFO PMESP
  • Materiais para turbinar a sua preparação
  • Datas e prazos do Concurso CFO PMESP

Caso tenha dúvidas, dicas e sugestões, deixe um comentário neste post. Vamos lá:

Requisitos para o Concurso CFO PMESP

Para fazer o concurso, você precisará preencher os seguintes requisitos:

  • Ser brasileiro;
  • Ter idade mínima de 17 (dezessete) anos;
  • Ter idade máxima de 30 (trinta) anos de idade, exceto para o candidato pertencente aos quadros da Polícia Militar do Estado de São Paulo;
  • Ter estatura mínima, descalço e descoberto, de: 155 cm (cento e cinquenta e cinco centímetros), se mulher; 160 cm (cento e sessenta centímetros), se homem;
  • Haver recolhido a taxa de inscrição (R$130 reais).
  • O candidato ao ingresso poderá apresentar tatuagem, exceto quando: divulgar símbolo ou inscrição ofendendo valores e deveres éticos inerentes aos integrantes da Polícia Militar; fizer alusão a ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas ou que pregue a violência ou a criminalidade; fizer alusão a discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem; fizer alusão a ideia ou ato libidinoso, ideia ou ato ofensivo aos direitos humanos, for visível na hipótese do uso de uniforme que comporte camisa de manga curta e bermuda, correspondente ao uniforme operacional de verão.

Com esses requisitos você pode realizar o concurso sem problemas. Agora, para assumir o cargo de Oficial da PMESP, é preciso cumprir os seguintes critérios:

  • Possuir aptidão física compatível com o exercício do cargo;
  • Possuir higidez física e mental;
  • Possuir perfil psicológico compatível com o exercício do cargo;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Estar quite com as obrigações militares, se do sexo masculino;
  • Se militar, estar enquadrado pelo menos no comportamento disciplinar “bom” ou equivalente, e não ter cometido, nos 2 (dois) últimos anos, transgressão disciplinar classificada como “grave” ou equivalente;
  • Ter concluído o ensino médio ou equivalente;
  • Ter boa conduta social, reputação e idoneidade ilibadas;
  • Se ex-integrante de qualquer uma das Forças Armadas ou de Força Auxiliar, não ter sido demitido “ex officio” por ter sido declarado indigno para o oficialato ou com ele incompatível, excluído ou licenciado a bem da disciplina, salvo em caso de reabilitação;
  • Não ter sido, nos últimos 5 (cinco) anos na forma da legislação vigente: responsabilizado por ato lesivo ao patrimônio público de qualquer esfera de governo em processo disciplinar administrativo, do qual não caiba mais recurso, contado o prazo a partir da data do cumprimento da sanção; condenado em processo criminal transitado em julgado, contado o prazo a partir da data do cumprimento da pena.

E aí? Você preenche todos os requisitos?

O que é a Academia do Barro Branco

Academia do Barro Branco

Com uma grade curricular que ultrapassa 6.200 horas/aula, a Academia de Polícia Militar do Barro Branco busca por meio de variadas técnicas de ensino aliadas as mais diversas metodologias de aprendizagem, formar indivíduos capazes de exercerem de maneira profissional, íntegra, eficiente, legal, ética e moral as funções advindas do oficialato, as quais vão ao encontro com a ideologia de suprir as necessidades sociais e resguardar o interesse público de manutenção da ordem pública.

Tal objetivo é desenvolvido através da excelência, já vista na organização do corpo docente que, desde o período de formação dos profissionais de segurança pública, conta com especialistas da própria área de segurança, bem como de profissionais do Poder Judiciário, do Ministério Público, da Polícia Técnico-Científica e outras áreas de conhecimento, como filosofia, sociologia, informática e administração.

A escolha dos docentes civis se faz através de concurso público, no qual os melhores classificados passam por entrevistas e realizam palestras a fim de que se possa mensurar o grau de conhecimento dos mesmos e assim verificar, dentre eles, quais que melhor se encaixam no perfil de futuro instrutor do cadete.

Caso você seja aprovado no concurso público para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo, é lá que você vai estudar. Está preparado?

Como é a carreira do oficial da PMESP

Após o ingresso na Academia do Barro Branco, o policial recebe o título de Aluno Oficial do 1º Ano do Curso de Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública (sua remuneração será de R$2.946,54 mil reais). Nos anos seguintes, até o quarto ano de curso, novas incumbências recaem sobre o aluno. Contudo, quanto à nomenclatura, apenas o nome muda, isso sendo somente quanto ao ano em que o Aluno está no Curso de Bacharelado (1º ano, 2º ano, 3º ano, 4º ano), mas ainda assim, tendo precedência sobre os anos mais novos.

Ao término do curso, o aluno galga então o título de Aspirante a Oficial e permanecerá com esse título até o fim do estágio como Aspirante.

O Livro do Concurseiro PolicialEm seguida, terminado o estágio probatório, o Aspirante é promovido por merecimento intelectual a 2º Tenente e permanecerá neste ponto exercendo funções administrativas e de administrador do policiamento operacional pelo período mínimo de 3 anos, conquistando em seguida o posto de 1° Tenente.

Com o passar do tempo, o 1º Tenente passa a assumir mais funções, realizar novos cursos de pós graduação para atingir o posto de Capitão. Ao atingir tamanho grau, o mesmo torna-se Comandante de Companhia e assim assume a responsabilidade de comandar todo um efetivo de tenentes e praças, buscando suprir todas as necessidades dos mesmos, buscando recursos, incentivando-os na realização de seus objetivos e unindo-os com os da população, garantindo a satisfação do público interno e externo.

Após decorridos alguns anos, ele poderá, caso o Capitão tenha uma conduta ilibada, digna de enaltecimentos e efusivos elogios, ele poderá realizar o Mestrado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, no qual ele aprenderá novas técnicas, novas formas de atuação e novas funções, funções estas pertencentes ao próximo grau da escala hierárquica, a de Major. Alcançado o posto de Major, este será detentor de novas habilidades e maiores responsabilidades as quais o elegerão como Coordenador Operacional dos Batalhões e permitirá que ele os assuma por curtos períodos de tempo quando da ausência do Tenente Coronel, o próximo posto a ser descrito, o de Comandante do Batalhão.

Como fora dito, o Tenente-Coronel é Comandante dos batalhões e é nele que se concentram as chamadas de decisões finais e as cobranças feitas pelo mais alto escalão da Polícia Militar. Chegando em tal posto, ele ainda possui mais um degrau a ser escalado que é o de Coronel, porém este grau somente será conseguido mediante a realização do Doutorado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, em que ele aprenderá as funções que emanam da função de Coronel. Além de ser pré-requisito ter realizado o supracitado curso, o cargo de Coronel só pode ser ocupado mediante indicação do Comandante Geral da Polícia Militar, este que é o grau supremo da instituição policial militar e que é escolhido pelo Comandante Antecessor em conjunto com o Secretário de Segurança Pública e o Governador do Estado.

Etapas do Concurso CFO PMESP

Concurso CFO PMESP - Barro Branco

O concurso de oficial da Polícia Militar do Estado de São Paulo é composto pelas seguintes etapas:

Exames de Conhecimentos, que serão divididos em:

  • Prova Objetiva (Parte I), de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar o conhecimento do candidato necessário para o desempenho das atribuições.
  • Prova Dissertativa (Parte II), de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar a capacidade do candidato de produzir uma redação que atenda ao tema e ao gênero/tipo de texto propostos, além de seu domínio da norma culta da língua portuguesa e dos mecanismos de coesão e coerência textual.

Exames de Aptidão Física, de caráter eliminatório, visam avaliar o desempenho físico do candidato, que deverá obedecer aos padrões exigidos para o cargo, bem como comprovar o requisito de inscrição.

Exames de Saúde, de caráter eliminatório, os quais visam avaliar as condições de saúde do candidato.

LEIA: Vunesp Concursos: como vencer esta desafiadora banca!

Exames Psicológicos, de caráter eliminatório, que visam identificar características de personalidade, aptidão, potencial e adequação do candidato para o exercício do cargo a que concorre.

Avaliação da Conduta Social, da Reputação e da Idoneidade, de caráter eliminatório, que visa à apreciação da conduta social, reputação e idoneidade do candidato, em sua vida pregressa e atual em todos os aspectos da vida em sociedade, quer seja social, moral, profissional, escolar, dentre outros possíveis, impedindo que pessoa com perfil incompatível ingresse na Polícia Militar;

Análise de Documentos, de caráter eliminatório, que tem por finalidade analisar os documentos apresentados pelos candidatos para comprovação dos requisitos e condições para ingresso.

Está disposto a passar por essa maratona?

O que você precisa estudar no Concurso CFO PMESP

Concurso CFO PMESP 2016

Para ter chances de ser aprovado no concurso de oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP), é essencial estudar estritamente o que está colocado no Conteúdo Programático do edital. Veja os assuntos que vão cair na prova:

Ciências Humanas – 26 (vinte e seis) questões, sendo:

  • História: 8 (oito) questões;
  • Filosofia: 5 (cinco) questões;
  • Sociologia: 5 (cinco) questões;
  • Geografia: 8 (oito) questões.

Linguagem, Códigos e suas Tecnologias – 54 (cinquenta e quatro) questões, sendo:

  • Língua Portuguesa: 28 (vinte e oito) questões;
  • Língua Inglesa ou Espanhola: 6 (seis) questões;
  • Matemática: 10 (dez) questões;
  • Noções de Administração Pública: 5 (cinco) questões;
  • Noções Básicas de Informática: 5 (cinco) questões.

Além disso, você precisará estudar para a prova dissertativa, que terá duração de 2 horas, e será composta de uma redação, na qual se espera que o candidato produza uma dissertação em prosa na norma-padrão da língua portuguesa, a partir da leitura de textos auxiliares, que servem como um referencial para ampliar os argumentos produzidos pelo próprio candidato. Ele deverá demonstrar domínio dos mecanismos de coesão e coerência textual, considerando a importância de apresentar um texto bem articulado.

Se você precisa agora de um material com todo esse conteúdo programático, sem faltar nada, pegue aqui!

Materiais para turbinar a sua preparação

Vamos agora a uma das mais importantes partes desse artigo: a indicação de materiais para que você estude com qualidade para o concurso CFO PMESP.

A dica primeira que dou é ter acesso a um material completo, com todos os assuntos previstos em edital. Esse curso é o mais indicado para você construir uma base sólida, sem precisar sair de casa.

Também sugiro este material que irá lhe ajudar bastante na parte de Ciências Humanas. Pegue também este aqui.

Já na parte de Linguagem, Código e suas Tecnologias, você pode acessar este material. Muito interessante!

Curso CFO PMESP

Fique ligado! Em breve trarei mais materiais aqui para os interessados no Concurso CFO PMESP.

Datas e prazos do Concurso CFO PMESP

As inscrições do concurso de oficial da PMESP deverão ser realizadas somente pela internet, no site www.vunesp.com.br, no período das 10h00 de 13 de outubro de 2016 às 15h59 horas de 08 de novembro de 2016. A Prova Objetiva tem data prevista para realização em 04 de dezembro de 2016, no período da manhã.

Veja o edital do concurso e tire qualquer outra dúvida que tenha sobre o concurso!