Concurso CFO PMERJ 2013 – cotas para policiais

CFO PMERJ 2013

Atenção concurseiros cariocas! O Concurso para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro 2013 (CFO PMERJ 2013) já está dando o que falar. O Secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, garantiu que o CFO deste ano terá cotas para policiais, em entrevista ao Jornal Extra:

No próximo concurso para oficiais da Polícia Militar do Rio, marcado para o fim deste ano, a corporação fará uma alteração inédita na forma de ingresso: será estabelecida uma cota, provavelmente de 20% das vagas, para os praças da PM. O objetivo da iniciativa, garantida pelo secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, é, no futuro, estabelecer uma entrada única na corporação. Hoje, há duas formas de ingresso: uma para praças (começando em soldado, e depois cabo, sargento e subtenente) e outra para oficiais (começando como tenente, e em seguida capitão, major, tenente-coronel e coronel).

Para Beltrame, a novidade de destinar parte das vagas para os praças é fundamental para estimular os PMs.

— A Polícia Militar sabe que seu maior patrimônio são os policiais, seus recursos humanos, e está sempre buscando novas formas de valorizar esses profissionais — afirma o secretário.

Um grupo de trabalho ainda estuda os detalhes dos critérios de seleção do curso de formação para oficiais nesse novo modelo. Certo, por enquanto, é que os candidatos cotistas precisarão, claro, ser praças da PM e ter o ensino médio completo.

— Esse sistema misto de ingresso é uma das estratégias pensadas para preparar a instituição para esse ingresso único. Hoje, são duas carreiras distintas. A ideia é que um policial que entre como soldado possa chegar a coronel, passando por todos os estágios da carreira — explica Juliana Barroso, subsecretária de Educação, Valorização e Prevenção (SSEVP) da Secretaria de Segurança.

Ainda estão sendo definidas também as alterações que serão feitas no curso que já existe. Quem criou o grupo de estudos foi o coronel Robson Rodrigues, que foi comandante das UPPs e hoje é chefe do Estado Maior Administrativo da PM.

Na mesma matéria, um infográfico legal foi publicado, com referências ao Concurso anterior:

CFO PMERJ 2013

Esta questão das cotas e da tendência de carreira única faz valer à pena não só o concurso para o CFO PMERJ, mas também as 6.000 vagas de soldado PM que estão previstas para julho deste ano. Já pensou, entrar no CFSd e depois ser aprovado no CFO? Nada mal…

Continue acompanhando o Concurso Policial. Aqui você terá, gratuitamente, material de estudo, informações e dicas privilegiadas.

😉