Concurso CFO PMBA 2013 – quais serão as exigências?

Concurso CFO PMBA 2013

Os melhores candidatos já começaram a se preparar para o Concurso do Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar da Bahia 2013 – CFO PMBA 2013, já que daqui a poucos meses o edital tende a ser publicado. Para que sejam sanadas dúvidas básicas, como os requisitos para ingresso na Academia de Polícia Militar da Bahia, é interessante olhar para os concursos anteriores.

Abaixo você lê o que provavelmente será exigido para ingresso no CFO no próximo concurso:

a) Ser brasileiro nato ou naturalizado;

b) Ter no mínimo 18 (dezoito) e no máximo 30 (trinta) anos de idade completos, comprovados por meio de documento de identidade atualizado, na data da matrícula no Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar. Considera-se com 30 (trinta) anos o candidato que tenha até 30 (trinta) anos, 11 (onze) meses e 29 (vinte e nove) dias no ato da matrícula no CFOPM;

c) Estar em dia com o Serviço Militar Obrigatório;

d) Quando ex-militar, ter sido licenciado da Corporação, no mínimo, no comportamento “BOM”;

e) Se militar das Forças Armadas ou de Força Auxiliar, possuir autorização e parecer favorável à inscrição, assinados por seu comandante (Cmt), chefe (Ch) ou diretor (Dir); sendo praça, estar classificado, no mínimo, no comportamento “BOM”;

f) Ser eleitor e achar-se em gozo dos seus direitos políticos;

g) Possuir idoneidade moral, comprovada, principalmente, por meio de folha corrida policial e judicial, e não ter sido condenado em processo administrativo, se servidor público ou militar, nos últimos cinco anos, com fundamento que possa incompatibilizá-lo com o exercício da função policial-militar;

h) Possuir aptidão física e mental, comprovada mediante exames psicológicos, médico-odontológicos e testes físicos, na forma prevista no Edital;

i) Possuir estatura mínima de 1,60m, para candidatos do sexo masculino, e 1,55m, para candidatos do sexo feminino;

j) Possuir o curso de Ensino Médio completo (antigo 2º grau) ou equivalente, no ato da matrícula;

k) Possuir Carteira Nacional de Habilitação válida, categoria B;

l) Conhecer e estar de acordo com as exigências contidas no Edital.

Em relação à exigência de Ensino Superior, em vez de Ensino Médio: esta é uma possibilidade, que ainda está sendo discutida em um grupo de trabalho criado pelo Governo do Estado para modernizar a PMBA. O problema é que esta comissão só encerra seus trabalhos em 03 de novembro, quando passarão ao Governo uma proposta que deve ser posteriormente encaminhada à Assembleia Legislativa para votação.

Ou seja, é bem improvável que esta mudança ocorra no próximo Concurso para o CFO. Então, quem tem apenas Ensino Médio, é bom aproveitar.

😉